serviços de manutenção: cobram muito, fazem pouco

A qualidade dos serviços prestados em São Paulo deixa a desejar. Será que se repete em outas cidades? Será pior ? Nos acostumamos com a baixa qualidade dos serviços? Temo que sim, infelizmente :-(.

Paguei caro para mandar arrumar o carro. R$460,00: a vista, em dinheiro e sem pedir desconto. É, tenho essa mania de honestidade sendo uma das minhas frases preferidas  “always try to do the right thing”, dita por  Da Mayor, um personagem do filme de Spike Lee  – faça a coisa certa, embora eu tenha minha própria interpretação do sentido da frase.

Mas a qualidade nao foi das melhores. Arrumaram o óleo vazando, mas quebraram a mangueira de gasolina e fiquei sem gasolina depois de alguns quilômetros.Parei em outra oficina pois não dava para voltar na que fez o des-serviço. Desconfio ate de má fé, racismo , etc. Mas nesses casos é dificil provar pois é tudo muito velado, discreto.

Outro problema foi a nota fiscal, quero dizer, o recibo. Uma foto cópia meio apagada, com pouca tinta, quase ilegivel. Da a impressao que foi feito para se desgastar com o tempo,  nao servindo como prova do que foi feito.

O mecânico fez o serviço tão rápido que até esqueceu uma ferramenta no carro.

Por outro lado, é o que recebemos por procurar alternativas rápidas: pequenas oficinas, mal equipadas e com pessoal  pouco qualificado.

Deveria ter uma especie de pague-seguro na vida real. Pagamos , mas só recebem se o serviço for bem executado. Ou recebem tudo , mas aos poucos, pois dá tempo de verificarmos a qualidade do serviço. Isso pode ser feito com cheques pré-datados, mas parece ser  um mau uso do recurso bancário.

Um sistema de pagamento lento, com possibilidade de acionamento na justiça ou procon, com pontuação de devedor/pagador, logs (registros) das ocorrências (fotos, documentos, etc) seria ideal, pois aumentaria a qualidade do serviço e tornaria o processo menos estressante. Seria bom até para o prestador de serviço, que teria sua credibilidade aumentada.

Advertisements

Mãe educando sua filha no ônibus

Vi no ônibus ontem (177p na casa verde, são paulo) uma mãe conversando com sua filha sobre como foi a aula no dia anterior.

É dificil ver pais falando com filhos, com interesse.

Nesse caso, ela perguntava detalhes sobre a disposicao da sala, quantas crianças estavam juntas etc.

Parecia querer incentivar a memória e o raciocinio da menina.Parece que funciona pois a criança tinha uma boa dicção, falava bem, raciocinava antes das respostas.

Mas a mãe parecia exagerar na dose pois fazia questões com cobrança, um pouco brava na entonação. Parecia que estava falando com uma adulta. Notei que a criança não ria muito, era um pouco séria. Isso não  é bom. Sentia a cobrança sem se dar conta de que aquilo não é normal, de que poderia ser de outra maneira.

Sei que não é fácil dar palpite na vida alheia, mas na minha opinião, a mãe deveria perguntar, mas tambem elogiar, com um sorriso no rosto, como se agradecesse o presente que tem. Em um mundo de ignorantes ela tem uma filha inteligente mas que pode ser melhor ainda com apoio e elogios.

Frases: com/sem nexo

Maturidade tras paz, mas demooooora. As vezes , uma  vida inteira.

CTRL+F : grandfather of google.

TSHIRT:

– Importante: leia

– acompanho as noticias pelos livros de história

– Vencedor. Procure. Agora.

Blog por email: que legal

Essa nova capacidade do WordPress de publicar por email veio a calhar.
É mais fácil editar um email e inserir imagens. 

Teste de link: http://www.wp.com

Gostei.

10 things about first blog

top10

so many buttons!

I think Im going to change the world

Many ideias

Ok, not so many

TOS: the fascinante scary stuff

slow internet sucks

the guy behind the curtain. A bad necessity , what can one do about it.

Hope I get rich very quikly

wonder if  I waste my time

how can I write interesting stuff

Self policing with grammar

That ok nobody gonna read anyway 🙂

Hey! stop counting